quinta-feira, 13 de julho de 2017

Unisanta oferece curso de extensão voltado para a temática LGBT

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas


Dia 1 de agosto tem início a 3ª edição do Curso de Extensão: Homoafetividade: Evolução Social e Ordenamento Jurídico - A busca pela cidadania". O Curso é uma parceria firmada entre a Unisanta e  Rosangela Novaes.

As questões que dizem respeito à sexualidade sempre foram cercadas de mitos e tabus. Este conservadorismo preconceituoso acaba por impossibilitar o legislador, que se nega a aprovar leis que fogem dos padrões sexistas dominantes, o que incentiva a discriminação e dá oportunidade a enormes injustiças.

É necessário repensar os conceitos atuais de família, e desvincular o casamento com sexo para a procriação, como estabelece a igreja. Nos dias atuais, o que identifica uma família é o vínculo do afeto que une seus membros. A lei acompanha o fato e não o contrário.

Enquanto houver segmentos alvos da exclusão social, tratamento desigual entre homens e mulheres, e a homossexualidade for vista como crime, castigo, promiscuidade ou pecado, não se estará vivendo em um Estado Democrático de Direito. Discursos socialmente produzidos contribuem para que determinados estigmas e estereótipos sejam construídos.

As sexualidades têm sido tratadas com base em crenças morais, provenientes de discursos religiosos, científicos, educacionais entre outros. Essas crenças só serão questionadas quando passarem por um debate fundamentado dos direitos de cidadania. Esses direitos devem informar educandos/educadores e servir de orientação para uma educação que os prepare para os direitos de cidadania relacionados à diversidade sexual.

Matrículas abertas através do site:www.unisanta.br/Extensao/Cursos/1440   

ESA SANTOS/SP : CURSO TEORIA E PRÁTICA DE DIREITO HOMOAFETIVO E DE GÊNERO


  • A quem se destina: Advogados Bacharéis e Acadêmicos de Direito inscritos na OAB como Estagiários. Os Profissionais graduados de outras áreas, não inscritos na OABSP, podem participar apresentando cópia do diploma competente.
  • Carga horaria: 24 Horas.
  • Objetivo: Provocar a justiça, para que assegure os direitos de todos os cidadãos, é a função da advocacia, e responsabilidade da OAB, que desempenha importante papel na defesa das prerrogativas do cidadão. Em um Estado que se intitula democrático de direito, todos são merecedores da tutela jurídica, sem qualquer distinção de cor, religião, sexo ou orientação sexual. Daí a necessidade de capacitar advogados neste ramo do direito – o direito homoafetivo

  • Professores:
  • Rosangela da Silveira Toledo Novaes - Advogada
  • Frederico dos Santos Messias - Juiz de Direito


Matrículas abertas (online):  ESA SANTOS