sexta-feira, 3 de junho de 2016

Projeto do CRAS integra alunos do ensino médio em Rebouças



 Projeto Adolecer, promovido pela Prefeitura de Rebouças, propõe discutir com jovens do ensino médio temas como bullying, homofobia, racismo e gravidez precoce.

A Secretaria Municipal de Promoção Social de Rebouças, através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), vem desenvolvendo com os jovens de ensino médio do município o projeto Adolecer. A ação, que envolve os alunos do Colégio Estadual Professor Julio Cesar e os Colégios do Faxinal dos Francos e do Faxinal dos Marmeleiros, tem como objetivo conscientizar os jovens sobre diversos temas que os cercam, como bullying, homofobia, racismo, gravidez precoce, além de debater sobre as perspectivas que eles têm sobre o futuro.

Segundo Charles Bayer, assistente social do CRAS e um dos coordenadores do projeto, o Adolecer é uma ferramenta muito importante para o desenvolvimento do cidadão, “apesar desses alunos enfrentarem quase que diariamente esses temas, poucos sabem a fundo o que acontece, as conseqüências, a importância de mudar o seu comportamento e é justamente para isso que o Adolecer foi implantado, para provocar uma reflexão e uma mudança nos jovens”, explica Bayer.

Outro ponto que o Adolecer leva é o de estreitar laços entre o CRAS e a população, “muitos desses jovens que a gente está trabalhando nem conhecia o CRAS e seu trabalho, então a gente busca mostrar o nosso trabalho, elucidar que é um lugar que eles podem procurar e confiar caso estejam enfrentando um problema na escola, no bairro, na família”, comenta o assistente social.

O projeto vai durar todo o ano letivo, com a equipe do CRAS visitando esporadicamente os colégios para acompanhar o desenvolvimento dos alunos em relação aos temas que foram deixados em uma lista com os estudantes, “esse trabalho tem que ser contínuo, pois o jovem, por estar em fase de desenvolvimento, acaba esquecendo a mensagem quando é apenas algo pontual, já quando é algo contínuo ele incorpora junto a sua própria formação pessoal os temas tratados”, finaliza Bayer.

Informações da Assessoria de Imprensa.

Fonte: A Rede

Nenhum comentário:

Postar um comentário