sexta-feira, 3 de junho de 2016

População LGBT pode se inscrever para o mercado de trabalho




A população LGBT da Capital já tem um local de apoio e proteção desde o mês passado quando foi inaugurado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) o Centro de Cidadania LGBT. Mas uma novidade vai deixar o espaço ainda mais atrativo para aqueles que precisam de uma assistência especial. É que nesta quinta-feira (2), a partir das 9h, funcionários do Sistema Nacional de Empregos de João Pessoa (Sine-JP) estarão inscrevendo interessados para mercado de trabalho.
O cadastro será realizado no Centro LGBT, que fica localizado em frente ao Parque Solon de Lucena, no Centro da Capital, e é voltado para a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros que estejam à procura de emprego.
A ação contará ainda com uma oficina sobre empregabilidade e inserção no mercado de trabalho formal. Além disso, o Centro LGBT irá realizar também cadastros para cursos profissionalizantes que serão desenvolvidos em parceria com o Senac e o Pronatec.
De acordo com o coordenador de Promoção à Cidadania LGBT e Igualdade Racial, Roberto Maia, a ação deve se tornar contínua sendo realizada a cada 15 dias. “Nós estamos oferecendo um serviço de orientação e inclusão no mercado de trabalho formal para a população LGBT e, assim, garantir os direitos de cidadania plena dessa classe”, destacou o coordenador.
O Centro de Cidadania LGBT funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h, e conta com uma equipe multiprofissional formada por psicólogos, assistentes sociais e advogados para dar a melhor assistência a esta população, além de oferecer também práticas integrativas complementares como massoterapia, Reike e outras.
Transcidadania JP – O programa Transcidadania tem como objetivo fazer um levantamento social do número de travestis e transexuais da capital paraibana e qualificá-las para o mercado de trabalho. Atualmente, cerca de 285 pessoas estão cadastradas no Transcidadania. Por meio dele, as travestis e transexuais são encaminhadas para cursos de qualificação como Pronatec e Senac, de acordo com o perfil de cada uma.
Fonte: João Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário