domingo, 13 de dezembro de 2015

Frente Nacionalista adia evento em Curitiba e diz sofrer ameaças de violência

 
A Frente Nacionalista adiou o evento que estava marcado para o dia 12/12 em Curitiba. A organização alega que está sofrendo ameaças de “violência e ódio” nos últimos dias. Em nota divulgada para a imprensa a Frente Nacionalista ainda cita a OAB e oi ativismo LGBT, dizendo que eles estariam divulgando “notas caluniosas e manipuladoras”.
 

 
O porta-voz do movimento, Ricardo Gonçalves disse que a medida foi tomada por segurança “Ameaças de violência, grupos que ameaçaram ir ao evento apenas para tumultuar. Um membro nosso teve a foto espalhada na internet e a família ficou assustada, por isso achamos por bem cancelar o evento”.
 
Segundo Gonçalves o evento vai ser realizado em uma outra data, mas não será divulgada ainda. Antes, a Frente Nacionalista pretende ter o que o porta-voz chamou de “conversa franca e democrática” com o Ministério Público, a OAB e o movimento LGBT.
 
Confira a nota na íntegra da Frente Nacionalista:
 
“A Frente Nacionalista informa que adiou o evento do dia 12/12 para uma data a ser definida devido às ameaças de violência e vandalismo de grupos radicais e de ódio que, se aproveitando de informações distorcidas veiculadas na imprensa e das notas caluniosas e manipuladoras da OAB e do ativismo LGBT, programam tais atos.
 
Nosso lema DEUS PÁTRIA E FAMÍLIA atestam o caráter pacífico da instituição e asseguram que não somos racistas; nossos membros são de maioria parda, depois branca e negra, não perseguimos os gays, não desrespeitamos o estrangeiro. Apenas nos opomos à agenda já implantada que visa a sodomia de crianças e adolescentes, a drogadição da população, a destruição da família, cultura e tradições do povo, a perseguição ao cristianismo, a degradação e degeneração da sociedade.
 
Tal situação nos impõe tomar essa decisão para preservar a integridade física de inocentes e manter a ordem pública. Avisamos também que estaremos convidando a imprensa, a OAB, o MP e o ativismo gay para uma conversa pública e esclarecedora.
 
Pedimos à imprensa e autoridades que deem urgente publicidade a esse comunicado para impedir que grupos radicais e de ódio ligados aos acima mencionados, não tenham esse pretexto para praticarem violência e crimes e nem atacarem a população.   
 
Atenciosamente: FRENTE NACIONALISTA, Estado de justiça e de direito.”
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário