domingo, 28 de junho de 2015

Aprovação do PME de Vila Velha é marcado por machismo e homofobia


Quarta-feira dia 24/06/2014 a Câmara Municipal de Vila Velha aprovou o Plano Municipal de Educação (PME) do município. O PME é um conjunto de metas que orientará toda a educação do município pelos próximos 10 anos. O PME de Vila Velha passou por um processo de construção coletiva nos últimos 3 anos, esse processo contou com a participação dos trabalhadores da educação, bem como da comunidade escolar, autoridades locais e sociedade civil.

Esse processo foi bem atravessado, marcado por atropelos e medidas antidemocráticas, por isso a discussão não foi tão ampla como deveria ser. Porém nenhum dos percalços ocorridos nesse processo se iguala à tragédia que foi a aprovação do plano. Cedendo à pressão de setores ultra-conservadores e de fundamentalistas religiosos o prefeito Rodney Miranda (DEM) retira do texto todas as aparições da palavra gênero. As alterações do prefeito foram aprovadas por unanimidade pelos vereadores do município, muitos desses parlamentares usaram a palavra em plenário para disferir discursos preconceituosos marcados pelo machismo e pela homofobia.

Compreendemos que a discussão de gênero e diversidade é fundamental para criar um ambiente de respeito e tolerância, para combater a violência de gênero e a exclusão social de mulheres e de LGBT'S. Posturas como a do prefeito Rodney Miranda e dos vereadores do município fortalecem o discurso de ódio contra as minorias e alimenta barbaridades como a que vemos ocorrer com o menino Rafael em Cariacica ou com as inúmeras mulheres que sofrem cotidianamente com a violência de gênero aqui no Espirito Santo, o estado brasileiro mais violento com as mulheres.

Nesse sentido repudiamos veementemente a atitude machista e homofóbica do prefeito Rodney Miranda (DEM), bem como da câmara de vereadores do município, que, em sua totalidade, apoiou e repetiu esse gesto de preconceito.
PME com legitimidade é PME com diversidade!

Vários coletivos e movimentos sociais assinam a nota, entre  eles a Adufes.
Fonte: Adufe

Nenhum comentário:

Postar um comentário