domingo, 23 de novembro de 2014

Metroviários de São Paulo fazem campanha contra a homofobia


Ação se iniciou depois que um funcionário do metrô e seu companheiro foram agredidos em um vagão da linha azul

Depois que um metroviário e seu namorado foram agredidos por quinze homens dentro de um trem do Metrô no último dia 9, funcionários da companhia iniciaram uma campanha contra a homofobia.

Em repúdio aos ataques sofridos por Danilo Ferreira Putinato, de 21 anos, e seu companheiro Raphael Almeida Martins de Oliveira, bancário de 20 anos, os metroviários de São Paulo fizeram cartazes com mensagens como “Danilo e Raphael, estamos com vocês” e “Basta de homofibia”. Equipes de diversas estações aderiram à ação.

Fonte: Spresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário