sábado, 11 de outubro de 2014

A homofobia compensa?



Por causa de suas declarações no debate da Record, no dia 28 de setembro, o candidato Levy Fidelix (PRTB) pode receber uma multa de R$ 1 milhão. “Este discurso de ódio é incompatível com o respeito à dignidade da pessoa humana, não só da pessoa, individualmente considerada, mas da dignidade de uma coletividade”, afirma a petição da ação civil pública por danos morais da Defensoria Pública de São Paulo, registrada esta semana. O órgão quer que o candidato promova a reparação ao dano coletivo causado. Fidelix ainda reiterou sua posição dias depois no debate da Globo, embora com palavras menos chulas. Na record ele afirmou que "o aparelho excretor" não reproduz, e incitou a maioria a se defender contra a minoria (os homossexuais).

Até o momento o TSE ainda não se manifestou sobre as ações movidas por partidos e entidades contra o candidato na Justiça Eleitoral, os processos receberam vistas e estão em análise pelo Minitério Público Eleitoral que deve emitir seu parecer ainda este mês. O candidato recebeu mais de 400 mil votos depois de suas declarações, quatro vezes mais do que em 2010. 

Fonte: Lado A


Nenhum comentário:

Postar um comentário