domingo, 20 de abril de 2014

Madri terá casa de repouso para LGBT

Os LGBT que quiserem um tratamento diferenciado na velhice, em Madri, poderão contar uma casa de repouso voltada a este público.

Desenvolvido pela 26 December Foundation, o local será inaugurado em 2015 e estará aberto a todos – gays ou héteros, mas terá foco nos primeiros.

Federico Armenteros, presidente da fundação, disse ao jornal “Guardian” que a sociedade “pensa que LGBT idosos não existem”. Ele explicou que não vê discriminação em focar no segmento arco-íris.

“Nós não vamos te perguntar com quem você dorme quando você se candidatar, qualquer um pode vir, a única coisa que você precisa ter em mente é que é especializada em LGBT”.

Armenteros acredita que idosos LGBT se sentem desconfortáveis em asilos tradicionais, pois não têm filhos e netos e acabam escondendo suas orientações sexuais para não sofrerem rejeição.

A casa, que ficará num antigo hotel reformado no bairro de Lavapiés, no centro da cidade, contará com um centro cívico, que terá aulas de pintura, fisioterapia, a Universidade da Terceira Idade e uma academia.

Fonte: Parou Tudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário