sexta-feira, 14 de março de 2014

Suspenso embaixador acusado de homofobia e assédio sexual

O ex-cônsul geral Américo Fontenelle e o cônsul-adjunto César Cidade foram punidos pelo Itamaraty após sindicância que apurou denúncias de homofobia, racismo e assédio moral e sexual.

A medida, publicada no Diário Oficial da União na quarta-feira, 12, suspendeu Fontenelle por três meses e Cidade por 30 dias. 

Com mais de 35 anos de carreira, Fontenelle ocupou o posto mais alto no consulado brasileiro na Austrália de 2010 até maio do ano passado, quando foi removido. 

O processo contra os dois se arrastava há sete meses e havia sido prorrogado duas vezes. Ele tem cerca de 3 mil páginas e 20 pessoas foram ouvidas.

As denúncias partiram de funcionários do Consulado de Sydney que procuraram o Itamaraty relatando situações em que foram humilhados e abuso de autoridade do cônsul e de seu adjunto.

Fonte: Guia Gay

Nenhum comentário:

Postar um comentário