sábado, 29 de março de 2014

São Paulo: E-Jovem LGBT chega à cidade

O Centro de Referência da Juventude (CRJ), instituído em Lei municipal  2.102/2004, está ligado à Secretaria de Assistência, Trabalho e Qualificação Profissional, do Governo de Meu das Artes. É aberto a todos os jovens da cidade, que representam 27% da população local de 240 mil habitantes. O Centro elabora, articula e executa políticas públicas voltadas a esse segmento. Busca, por meio de diversos projetos, diminuir os efeitos da desigualdade a que grande parcela de jovens está exposta, como também proporcionar sua participação na elaboração e monitoramento dessas políticas.

 Na sede do CRJ acaba de se instalar a rede de jovens do coletivo estadual E-Jovem de Adolescentes Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Aliados. A iniciativa de fundação do  E-Jovem embuense é de um grupo de jovens da cidade, que considera esta a fase inicial de implantação da Rede de Juventude LGBT no município, segundo um dos integrantes, Lenon Silva, 22 anos, que também integra o Fórum da Juventude Paulista LGBT.

 Com o E-Jovem, o Centro de Referência da Juventude (CRJ), que já mantém em funcionamento o núcleo Um Beijo Pela Diversidade – LGBT, de acolhimento aos jovens LGBTs e de combate à homofobia no município de Embu das Artes, amplia o seu atendimento a jovens, de 15 a 29 anos.  

 De acordo com o coordenador do CRJ, Nilton Bispo, o E-Jovem reforça o trabalho realizado pelo núcleo Um Beijo Pela Diversidade – LGBT e os novos frequentadores terão acesso às atividades do CRJ, que realiza cursos, tem equipe de assistentes sociais e sociólogos para atendimento ao jovem em situação de conflito. Segue uma política que estimula o respeito e o convívio com a diversidade, promove atividades que proporcionam ao jovem, à família, a educadores e gestores, espaço de reflexão sobre questões referentes à juventude.

 O Centro de Referência da Juventude (rua Rebolo Gonzáles, 185, Cercado Grande, tel. 4704-2935) funciona de segunda a sexta, das 8 às 17h, e o E-Jovem de Adolescente GLBT das 14 às 17h.

Fonte: Athos

Nenhum comentário:

Postar um comentário