domingo, 23 de março de 2014

Bahia: Conselho da População LGBT inicia as atividades em maio

O Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), criado em fevereiro para formular e propor diretrizes e políticas voltadas ao combate à discriminação e à defesa dos diretos do segmento, vai iniciar as atividades em maio. A escolha do mês se deu porque em maio é celebrado o Dia Mundial Contra a Homofobia.

Na última quarta-feira (19/3), dirigentes da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), que abrigará o conselho, se reuniu com representantes do movimento LGBT do estado. Na pauta, estava a composição do Conselho e do colegiado eleitoral.

Estiveram presentes o titular da SJCDH, Ailton Ferreira, os coordenadores da secretaria Paulette Furacão (Núcleo LGBT) e Adriano Figueiredo (Política de Direitos Humanos), e representantes do Fórum LGBT Baiano, da Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil (Antra), do Movimento de Lésbicas Bissexuais da Bahia e da Associação Beco das Cores.

Criado através da Lei nº 12.94, o Conselho LGBT terá 30 participantes - sendo 15 representantes do poder público e os outros 15 oriundos da sociedade civil. Entre os integrantes do poder público, estarão representantes das secretarias estaduais, Ministério Público Estadual (MP-BA) e Defensoria Pública do Estado (DPE).

A pretensão da secretaria é incluir, além das entidades de defesa dos direitos da população LGBT da capital, também as que atuam no interior do estado, segundo nota enviada pelo órgão.


De Salvador,
Erikson Walla

Nenhum comentário:

Postar um comentário