sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

SANTA SÉ: Papa defende possível aproximação da Igreja aos homossexuais

O Papa Francisco não pára de surpreender, depois de um cordeiro aos ombros durante uma visita a uma feira, e a mais recente quebra de protocolo quando dá boleia no papamóvel a um padre amigo argentino de visita a Roma.

O Papa Francisco já tinha comunicado à igreja que era preciso focar os esforços em coisas mais importantes ao invés de os párocos estarem fixados no casamento entre pessoas do mesmo sexo e na homossexualidade, e também disse à comunicação social que se algum homossexual procura-se o Senhor com boa vontade "quem seria eu para o julgar".

Talvez por essa comunicação e por outras posições que o Papa Francisco tem tomado a revista Advocate apontou o chefe da ICAR como a pessoa mais influente em 2013.

Agora Francisco procura os pais homossexuais e os divorciados, procura-os dizendo ao clero que é preciso cuidar a forma como a ICAR se relaciona com estas pessoas para que não se esteja a “administrar uma vacina contra a fé”

O Pontífice convocou uma assembleia extraordinária do Sínodo dos Bispos para discutir a posição da ICAR no que respeita a família onde estas questões serão discutidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário