sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Líder religioso deve ser punido por homofobia - Pesquisa IBOPE 2014

Um golpe nos ditos líderes religiosos que tanto ganharam poder junto a políticos mal informados! 60% dos brasileiros acham que um pastor ou padre que propage a discriminação contra LGBT deva ser acusado de crime de homofobia - ponto colocado pelo PLC 122/06, enterrado pela bancada evangélica e pelo governo federal em 2013. O dado é de pesquisa do Ibope divulgada na segunda-feira 6. 

Outro número importante do levantamento: 55% acham que o tema da homossexualidade deva ser tratado nas escolas dentro do tema de educação sexual. O que vai em sentido oposto ao veto da presidente Dilma Vana Rousseff ao kit contra homofobia. 

São desfavoráveis a possibilidade de instituições religiosas celebraram casamentos homo, 61% dos entrevistados. E 74% são contra a Igreja Católica aceitar padres homossexuais. 

Foram ouvidas 2.002 pessoas entre 5 e 9 de dezembro de 2013, em 141 municípios. Da amostra, 61% eram católicos, 24% evangélicos e 4% de outras religiões. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário