sábado, 28 de setembro de 2013

Pelo menos 233 homossexuais já foram assassinados neste ano

PUBLICADO EM 28/09/13 - 03h00
Somente neste ano, ao menos 223 pessoas foram assassinadas no país vítimas da homofobia. Os dados são do Grupo Gay da Bahia, entidade ligada à defesa dos direitos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Entretanto, o número de crimes cometidos contra homossexuais pode ser ainda maior, já que ainda não existem estatísticas oficiais e atualizadas sobre o assunto. Para chamar atenção para o problema, Belo Horizonte recebe amanhã a 16ª Parada Gay, que tem concentração marcada para as 11h, na praça da Estação.

O diretor do Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos), Mateus Uerlei, destaca a subnotificação. “Com certeza há muito mais crimes, pois esse levantamento é feito apenas com base nos casos noticiados pela imprensa, e muitas vezes os crimes motivados por gênero não são descritos nas reportagens. Uma travesti, por exemplo, é tratada na mídia pelo seu nome de batismo, e não pelo social”, avalia.
Segundo o levantamento oficial mais recente, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, houve um crescimento de 27% no número de assassinatos de homossexuais entre 2011 e o ano passado, quando foram registradas 338 mortes.
Parada. Com concentração na praça da Estação, a Parada Gay deste ano seguirá para a avenida Getúlio Vargas, na Savassi. O evento deve reunir cerca de 50 mil pessoas – média registrada na última edição.
Fonte: O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário