quinta-feira, 29 de agosto de 2013

NOTA DA COMISSÃO DA DIVERSIDADE SEXUAL DA OAB-BAHIA SOBRE O DIA NACIONAL DA VISIBILIDADE LÉSBICA



A Comissão da Diversidade Sexual e Enfrentamento à Homofobia, da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Bahia, manifesta, neste 29 de agosto, Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, o seu irrestrito apoio às milhões de cidadãs brasileiras homossexuais que, diuturnamente, enfrentam preconceitos sobrepostos; dentre os quais, os motivados por serem mulheres e lésbicas a um só tempo. Entendemos de enorme relevância o combate à lesbofobia em todas as suas dimensões, especialmente as de gênero e orientação sexual, bem como acertado o uso da sigla LGBT ou LGBTTT, iniciando-a, pois, com enfoque para as lésbicas (englobadas na primeira letra), porque a sua maior invisibilidade é primeiro reforçada pelo fato de serem mulheres e, por isto, clamam uma atenção maior pelos movimentos sociais e por toda a sociedade. As lésbicas, em sua maior parte, são vítimas de um machismo heterossexista extremado, manifestado em violências das mais diversas (simbólica, moral, física, dentre outras), infelizmente ainda detectadas no cotidiano das mesmas, tolhendo-lhes o exercício de muitos direitos; entre esses, o principal: o de expressarem livremente a sua orientação sexual, ou seja, o direito fundamental de amarem o mesmo sexo; outras mulheres. Desejamos, portanto, que o dia 29 de agosto de 1996, quando o marco histórico do SENALE (Seminário Nacional das Lésbicas) repercutiu em nosso país, seja lembrado todos os dias como forma de renovação da luta pelo integral respeito à diversidade sexual das mulheres que se sentem felizes ou realizadas afetivamente relacionando-se e amando outras mulheres. A nossa Comissão se coloca como co-participante desta luta e parabeniza todas as lésbicas brasileiras!     
   


Nenhum comentário:

Postar um comentário