quinta-feira, 4 de julho de 2013

Curitiba sediará Conferência Livre Nacional de Educação em Respeito à Diversidade Sexual no evento 11 pessoas serão premiadas por boas iniciativas na área

Data:  05 e 06 de julho de 2013
Local:  Universidade Federal do Paraná, Edifício Dom Pedro I, 1º andar  - Anfiteatro 100 -  Rua General Carneiro, 460, Curitiba-PR
Horários:  Abertura  da Conferência, às 08h30 na sexta-feira, dia 05/07

Premiação, às 16h30, dia 05/07 (mesmo andar, na Sala Homero de Barros)

Em preparação para a Conferência Nacional de Educação de 2014 (Conae 2014), será realizada em Curitiba nesta sexta-feira e sábado a Conferência Livre Nacional de Educação em Respeito à Diversidade Sexual. Em torno de 500 pessoas se inscreveram no evento.

A Conferência Livre está sendo realizado pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) em parceria com a Universidade Federal do Paraná, a GALE – Global Alliance for LGBT Education e o IBDSEX - Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual, além de contar com o apoio institucional de várias outras organizações parceiras, conforme programação em anexo.

A Conferência Livre tem por objetivos:

Sistematizar pesquisas na área da diversidade sexual em sua interface e relações com o campo educacional;

Avaliar as propostas aprovadas pela I Conae (2010) na temática da diversidade sexual visando ao monitoramento de sua execução;

Definir novas propostas a serem apresentadas na Conae 2014;

Eleger 15 delegados(as) titulares e 15 delegados(as) suplentes do movimento LGBT para a Conferência Nacional de Educação, que necessariamente tenham participado de uma Conferência Municipal de Educação e que assumam o compromisso de participar de uma Conferência Estadual de Educação.

O Público-alvo é composto por grupos de pesquisadores ligados às Universidades que tenham atuação direta com o tema, profissionais de educação, ativistas do movimento LGBT que trabalhem na área, associações profissionais de classe bem como organizações comunitárias interessadas no assunto.

As Conferências Livres são etapas opcionais preparatórias para a Conae 2014 e podem tratar de especificidades que as Conferências Municipais e Estaduais de Educação não abrangem. No entanto, as deliberações aprovadas pelas Conferências Livres serão incorporadas no Documento-Referência que será discutida e fundamentará as Deliberações da Conae 2014, a ser realizada em Brasília de 17 a 21 de fevereiro de 2014.  As Deliberações, por sua vez, servem de subsídio para a elaboração das políticas públicas de educação.

Entre as autoridades na mesa de abertura são Francisco Chagas, Coordenador-Geral do Fórum Nacional de Educação; Flávio Arns, Vice-Governador e Secretário de Estado da Educação do Paraná; Roberlayne Roballo, Secretária Municipal da Educação de Curitiba; Mariana Souza, representando a Unesco e o Unaids; Andrea Caldas, representante da UFPR; Carlos Abicalil, ex-Deputado Federal e Assessor Parlamentar da Liderança do Governo no Senado Federal; representantes do Conselho Federal de Psicologia e do Conselho Federal de Serviço Social; Vereadora Professora Josete; e Carlos Magno Silva Fonseca, Presidente da ABGLT.  

Os participantes farão  uma análise da atual conjuntura política e avaliação da Conae 2010 em relação à educação e diversidade sexual; também discutirão a questão da educação e diversidade sexual nos Movimentos Sociais feminista, étnico-racial e pessoas com deficiência; bem como os sete eixos temáticos da Conae 2014 a partir da ótica da diversidade sexual. Os eixos são: I - Plano Nacional de Educação; II - Educação e Diversidade; III - Educação, Trabalho e Desenvolvimento Sustentável; IV - Qualidade da Educação; V - Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social; VI - Valorização dos Profissionais da Educação; VII - Financiamento da Educação. A programação da Conferência Livre segue no anexo.

Prêmio Educando em Respeito à Diversidade Sexual

Às 16h30, no dia 05/07, no mesmo andar do Prédio Dom Pedro I, na Sala Homero de Barros, será entregue o Prêmio Educando em Respeito à Diversidade Sexual. O Prêmio tem a finalidade de reconhecer, valorizar e incentivar a promoção do respeito à diversidade sexual no ambiente educacional no Brasil.

O Prêmio Educando para o Respeito à Diversidade Sexual foi idealizado pela GALE – Global Alliance for LGBT Education, uma comunidade internacional de aprendizagem para educadores(as) que visa promover a inclusão plena de pessoas que são prejudicadas por causa de sua orientação sexual ou identidade de gênero, identificando, aprimorando e compartilhando conhecimentos especializados na área da educação.

O Prêmio foi organizado pelo Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual – IBDSEX em parceria com o Centro Paranaense da Cidadania, o Grupo Dignidade, a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT, e a Universidade Federal do Paraná. O Prêmio conta com o apoio da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura; do UNAIDS – Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids;  da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República; do Ministério da Saúde; do Ministério da Educação; do Conselho Federal de Psicologia, e; do Conselho Federal de Serviço Social.  

Os(as ) 11 vencedores(as) são:  

ADHONS - Associação de Defesa Homossexual de Sergipe, pelo Projeto Educando para a Diversidade;

Marco Antonio Torres, pela Tese de Doutorado – “A emergência de professoras travestis e transexuais na escola: heteronormatividade e direitos nas figurações sociais contemporâneas”;

Profa. Roseane de Araújo Silva / Colégio Estadual Professor Júlio Szymanski, Araucária-PR, pela iniciativa “Nome social: mais que um direito, é respeito!” 
                               
Paula Regina Costa Ribeiro e Juliana Lapa Rizza, pela publicação “Sexualidade: papo de criança na escola? Sim!!!”;

Profa. Eliane Rose Maio /  Universidade Estadual de Maringá; pela iniciativa “Nome social no espaço universitário: uma prerrogativa indispensável à valorização da dignidade humana e da legitimidade da identidade social”;

Marcelo Daniliauskas, pela Dissertação de Mestrado “Relações de gênero, diversidade sexual e políticas públicas de educação: uma análise do Programa Brasil sem Homofobia”;

TV Escola, pelo programa “Salto para o  Futuro”;

APP Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (Secretaria de Gênero, Relações Étnico-Raciais e Direitos LGBT), pela iniciativa Cursos de formação para educadores(as) da rede estadual; Seminário Estadual por uma escola sem homofobia;

Francine Netto Martins Tadielo, pela Dissertação de Mestrado “Oficinas como dispositivo na formação de professores: produção discursiva sobre sexualidade”;

Profa. Fabiana Chiuchetta Horn / Núcleo Regional de Educação de Pato Branco, pela iniciativa “Gênero e Diversidade Sexual”;

Ana Maria Braga / Programa Mais Você, pela matéria sobre homofobia nas escolas, veiculada em 22/03/2012.

Ainda, no dia 06 de julho, às 08h30, cada iniciativa vencedora terá a oportunidade de fazer uma breve apresentação da mesma de em torno de 5 minutos, para os/as participantes da Conferência Livre, no Anfiteatro 100 do Edifício Dom Pedro I.

Informações adicionais

Carlos Magno, Presidente da ABGLT (31) 8117 1170
Toni Reis, Secretário de Educação da ABGLT (41) 9602 8906
Andrea Caldas, Diretora do Setor de Educação da UFPR (41) 3360 5310
Araci Asinelli da Luz, professora do Setor de Educação da UFPR (41) 9107 1799

Nenhum comentário:

Postar um comentário