quarta-feira, 26 de junho de 2013

Semana LGBT combate a homofobia

Maria das Graças Salvador
Amor Maior: Somos Iguais. Este é o tema da IX Semana do Orgulho LGBT de Uberaba, que acontece de 1º a 7 de julho. O lançamento oficial, que seria realizado no dia 28, foi adiantado para ontem. As demais programações seguem normais.

Prometendo surpresa, os organizadores apresentaram Mirela, que nasceu Felipe, mas fez mudança de sexo e é a primeira transexual que conseguiu tirar documentação em Uberaba, com a mudança do nome e do sexo. Ela será uma das candidatas à miss, que acontece na próxima semana. "Foi fácil por eu não ter feição masculina e tive a sorte de pegar um juiz com bom senso. Estas questões, em Minas Gerais, são complicadas", explicou. 

No dia 30 de junho, será a abertura da semana, com o movimento Azul & Rosa, com o tema "As marcas dessa violência não podem ser encobertas". O evento em protesto contra a homofobia será realizado na praça da Mogiana, das 14h às 22h. 

Do dia 1º ao dia 4 de julho, acontecem as palestras, que serão realizadas na Câmara Municipal de Uberaba, das 19h às 21h. No primeiro dia, o tema que a ser abordado é "Conscientização da população em relação à Homofobia-discriminação"; no dia 2, "Ser Diferente, ser mulher"; dia 3, "Segurança e Combate à homofobia"; e no dia 4, "Sou cidadão e tenho direitos".

A Semana do Orgulho LGBT tem continuidade no dia 6 de julho, quando acontece, na Chácara Caiçara, às 21h, o Miss & Mister Gay Uberaba, Miss Trans Uberaba 2013 e Glamour Uberaba 2013. Durante o evento, haverá a nomeação da Madrinha da Semana LGBT. Em seguida, a partir da 0h, começa a Pride Fest, com a presença da cover oficial da Cher Brasil, Pauletti Pink, Nally Picumã e vários shows com DJs, drags, Gogo Boys e Girls. Já no dia 7 de julho, será realizada a Parada Gay, com concentração marcada para às 15h na avenida da Saudade e o encerramento previsto para as 22h, na praça Pôr do Sol.

Vale lembrar que as camisetas para o evento podem ser trocadas na Fundação Cultural de Uberaba, das 13h às 17h, e todas as sextas-feiras na feira da praça Dom Eduardo, por sete quilos de alimento não perecível, excluindo sal, fubá e farinha de todos os tipos. Duas camisetas - uma do Azul e Rosa, e outra da Parada Gay - podem ser trocadas por dez quilos.

O evento tem a organização de Sueli Arantes Borges e Marco Túlio de Oliveira, com apoio da Prefeitura de Uberaba, através das Secretarias de Meio Ambiente e Turismo e de Saúde; Fundação Cultural de Uberaba; Programa DST HIV Aids e Hepatite Viral; Câmara Municipal de Uberaba; Grupo União, Grupo Aliança Azul e Rosa, e empresas e comércio local. 

Segundo Sueli Arantes, será uma semana para tratar da questão da homofobia, "em especial, após o deputado [Marco Feliciano] ficar falando da cura gay, a Mara Maravilha apoiando o projeto, o mesmo acontecendo com a cantora Joelma. Acho que a semana é uma oportunidade para pararmos com estas críticas. Os artistas estão usando a comunidade LGBT para se promoverem. Vamos dar uma resposta a isso", avaliou Sueli Arantes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário