sábado, 13 de outubro de 2012

Lula quer veto de Haddad a "kit contra homofobia" em SP



Mais um lance da guerra entre evangélicos homofóbicos e pessoas do bem nas eleições para prefeito paulistano. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Lula pressiona o candidato do PT, Fernando Haddad, para que ele afirme que não adotará o “kit contra homofobia” caso seja eleito.

A estratégia eleitoreira de Lula é evitar o crescimento da polêmica sobre o material, instalada por líderes evangélicos tais como Silas Malafaia (que mora no Rio de Janeiro) e que apoiam José Serra (PSDB).

E qual é a forma de acabar com isso de acordo com o ex-presidente? Defender a democracia? Educar sobre respeito à diversidade? Não! Seria fazer o candidato petista assegurar que não usará materiais contra homofobia nas salas de aula!

Haddad se mostrará um moleque se aceitar essa manobra! Como ministro da Educação, ele foi desautorizado publicamente a respeito do kit pela presidente Dilma Vana Rousseff, que vetou o material. E, agora, estará baixando a cabeça a Lula!

Por ora, Haddad tem se saído como um democrata. Em resposta a jornalistas sobre a polêmica a respeito do kit, a afirmação foi: “Não posso responder ao submundo da política”. Que assim continue!

Fonte: Parou Tudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário