quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Cartilha contra homofobia será arma no segundo turno em São Paulo


A cartilha contra a homofobia, que seria distribuída pelo Ministério da Educação nas escolas, em 2011, será arma dos aliados do candidato José Serra (PSDB) no segundo turno em São Paulo.

O anúncio foi feito pelo pastor Silas Malafia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Ao atacar o candidato Fernando Haddad (PT) o religioso vai utilizar o que os envangélicos chamam de kit gay.

No primeiro turno, Haddad rebateu as críticas com base na cartilha contra a homofobia. "São Paulo não vai se render ao preconceito" disse o candidato.

A disputa de Haddad no segundo turno vai contar com o apoio do PMDB. O acordo foi fechado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o vice-presidente Michel Temer.


da Redação do Toda Forma de Amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário