domingo, 1 de julho de 2012

Gay Pride reúne milhares em Paris


Milhares de pessoas foram às ruas neste sábado em Paris participar da Gay Pride, um dia depois do governo francês anunciar que irá instituir o casamento entre homossexuais durante o mandato de François Hollande.

O desfile desse ano tem um significado especial para os participantes, já que o primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, afirmou nesta sexta-feira que o direito ao casamento e à adoção será instituído na França, mesmo sem especificar um data. A ministra da família, Dominique Bertinotti, que estava presente na abertura do desfile, disse estar confiante que uma nova lei possa ser votada em 2013. ‘’Todo avanço social beneficia o conjunto da sociedade’’, declarou.

Os representantes de associações pelos direitos dos homossexuais presentes ao desfile demonstravam otimismo. ‘’É um momento especial porque, pela primeira vez, temos um governo, um presidente e uma assembleia, favoráveis a certos avanços’’, afirmou Nicolas Gougain, porta-voz da associação Inter-LGBT. ‘’Mas ainda resta muito a fazer’’, reconheceu.

O participantes do desfile, entretanto, preferem manter uma certa prudência o anúncio do governo francês. Um casal de lésbicas declarou que vai ‘’esperar para ver’’, antes de comemorar. Para uma delas, ‘’é preciso desconfiar dos anúncios feitos na véspera da Gay Pride’’, disse. Chille Deman, presidente da Gay Pride belga, explica que, socialmente, a aceitação de uma lei como essa está longe de ser simples. ‘’As leis são importantes mas as mudanças de mentalidade são complexas", declarou. O casamento homossexual é reconhecido na Bélgica desde 2003 e a adoção, desde 2005. Em 2011, mais de 36 mil pessoas participaram do desfile, segundo a polícia, 500 mil, segundo os organizadores.

Fonte: Gay pride

Nenhum comentário:

Postar um comentário