sábado, 30 de junho de 2012

Jovem homossexual é morto a pauladas e jogado no Rio Paraíba, em Volta Redonda


VOLTA REDONDA - O delegado da 93ª DP (Volta Redonda), Antônio Furtado, está investigando a morte de Lucas Ribeiro Pimentel, de 15 anos. A polícia já sabe que o latrocínio - roubo seguido de morte -, também teve motivações homofóbicas, uma vez que o crime foi praticado com requintes de crueldade.

O corpo do jovem foi encontrado na quinta-feira, 28/06, justamente no Dia do Orgulho Gay, boiando no Rio Paraíba do Sul, próximo ao bairro Retiro, em Volta Redonda, no Sul Fluminense. O vice-presidente do Conselho Municipal da Juventude, Adeílson Paula de Oliveira, foi ao sepultamento do jovem nesta sexta-feira, no Cemitério Municipal de Volta Redonda.

- Antes de ser jogado no rio, o rapaz foi espancado a pauladas e empalado, além de ter os dois olhos furados. Eu o conhecia. Ele era gay assumido. Ele não fazia mal a ninguém e não era envolvido com drogas – disse Adeílson.

Segundo testemunhas, o rapaz estava com R$ 900, que foram roubados. Lucas foi visto pela última vez na noite de sábado em um show, na Ilha São João. Antes de desaparecer, ele chegou a informar a dois conhecidos que viajaria para o Rio após o evento. A família de Lucas chegou a registrar o desaparecimento dele na delegacia.

O rapaz morava no bairro Açude. Ele costumava a frequentar a casa da mãe, no bairro Voldac, também em Volta Redonda.

Fonte: O Globo

Um comentário:

  1. Isto revela um direito pelo qual temos q lutar contra, se não todos os dias mais e mais pessoas vão morrer por bulling ou homofobia, é o direito da não pratica da sexualidade, se somos livres, aonde está a liberdade sexual?

    ResponderExcluir