segunda-feira, 18 de junho de 2012

Campanha contra a homofobia será lançada neste sábado na Câmara de SP


Com o objetivo de alertar para o crescimento das inúmeras agressões e violência descabidas contra diversos setores da sociedade, o projeto Freedom by the Law, em parceria com o Casarão Brasil – Associação GLS, Coletivo Anarco Punk, entre outros grupos, realiza neste sábado (16) o evento “Valorização da vida e homofobia”, ocasião em que será lançada uma campanha que objetiva ampliar a discussão sobre o assunto.

O evento acontecerá na Câmara Municipal de São Paulo, no Auditório Prestes Maia, a partir das 14h30. A campanha de combate à homofobia, intitulada “Ser Gay Não é Estranho, Estranha é a Homofobia”, é “indispensável para conscientizar para a gravidade da homofobia”, como explica a advogada Iolanda Mendonça (foto), do projeto Freedom by the Law.

“A homofobia é algo cruel, que não pode ser ignorada, apesar dos claros avanços na legislação no país. Essa campanha é importante e vital para ampliar o debate acerca do tema e conquistar o apoio da sociedade e do poder público para a questão”, conclui.

A campanha já conta com o apoio da Câmara Municipal de São Paulo – gabinete do vereador Gilberto Natalini; Abrat – Associação Brasileira de Turismo GLS; CDG Brasil – Comitê Desportivo Brasileiro; projeto Freedom by the Law; Casarão Brasil – Associação GLS; Coletivo Anarco Punk; Editora ViaG; e apoio institucional do Ministério Público do Estado de São Paulo e Cads -Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual.

Confira a seguir entrevista com a Dra. Iolanda Mendonça sobre o projeto:

Como surgiu a ideia da campanha?
A campanha foi criada pela agência de publicidade Propeg, a pedido do Grupo Gay da Bahia que a utilizou na Parada Gay. Recebemos autorização para veicular no Estado de São Paulo.

A quem ela será destinada?
Ela se destina a toda população e representa a comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros.

Qual é a importância dessa campanha para a afirmação da identidade LGBT?
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República divulgou no dia 17 de maio o relatório de denúncias. Os dados foram fornecidos através do serviço disque 100, que recebe denúncias de crianças, mulheres, deficientes e homossexuais.

Entre os Estados que mais registraram queixas estão São Paulo (210), Piauí (113), Bahia, Minas Gerais (105 cada) e Rio de Janeiro (96). O Estado de São Paulo lidera o ranking. A campanha mostra que “ser gay não é estranho”, “estranha é a homofobia”. Precisamos cobrar políticas públicas afirmativas e mudar esse quadro, somente de janeiro a março deste ano já foram registrados 106 assassinatos a homossexuais.

Onde a campanha será divulgada?
A campanha será divulgada em espaços públicos em 28 terminais municipais da cidade de São Paulo, hospitais, delegacias, espaços culturais, bares e restaurantes. Nosso objetivo é firmar um Termo de Cooperação junto às Secretarias para ampliar a divulgação em todos os espaços de grande circulação de pessoas.

Pode me falar um pouco sobre o projeto “Freedom by the Law”?
O Projeto Freedom By The Law (Liberdade pelo Direito) é uma iniciativa de diferentes escritórios de advocacia, união que surgiu diante da ausência de uma fonte expressiva e segura que sirva de alicerce para um mercado consumista e exigente.

O intuito do projeto é fomentar a troca de informações essenciais do segmento LGBT, assessorando e instruindo juridicamente ou fornecendo subsídios prático-teóricos aos atores sociais, na formulação, acompanhamento, avaliação e estudos sobre esse mercado de consumo. Com esse alicerce, iremos construir fontes fidedignas de informações buscadas a campo, criando um novo momento na trajetória da comunidade LGBT no Brasil, articulando diversos setores jurídicos, comerciais e conscientizações sociais.

Como o público poderá interagir com a campanha?
A campanha pode ser divulgada em todas as mídias sociais, em todos os estabelecimentos comerciais e principalmente em espaços de grande circulação de pessoas.

Nosso grupo está em conversa com A São Paulo Transporte (SPTrans), para inserção do material em todos os ônibus da cidade de São Paulo.

A campanha será divulgada de que forma? Haverá material gráfico ou algum vídeo?
A campanha será impressa e distribuída em formato cartaz. Atualmente contamos com 33 voluntários dispostos a “vestir a camisa” na defesa do cidadão LGBT.

Serviço:
Evento: “Valorização da vida x homofobia”
Dia 16 de junho
Local: Câmara Municipal de São Paulo – Auditório Prestes Maia
Endereço: Viaduto Jacareí, 100 – 1º andar
Inscrições: contatofreedom1@gmail.com
Mais informações: www.freedombythelaw.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário