terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Três jogadores serão julgados na Inglaterra por homofobia em redes sociais


Macheda já atuou no Manchester United e está atualmente no Queens Park Rangers
Depois de seguidos casos de racismo dentro de campo, agora a Federação Inglesa de Futebol volta suas atenções para casos de homofobia nas manifestações de jogadores na internet. A FA anunciou, nesta terça, que três jogadores estão sendo julgados por conta de comentários homofóbicos no Twitter.

Federico Macheda, que atuou no Manchester United e está, atualmente, emprestado no Queens Park Rangers, Manny Smith, do Walsall, da terceira divisão inglesa, e Nile Ranger, do Newcastle, têm até quarta-feira para apresentarem suas defesas de maneira oficial. 

Em suas próprias redes sociais, Macheda e Manny Smith já se manifestaram. O primeiro explicou que quis usar a palavra ‘guy’ (rapaz, em inglês) ao invés de ‘gay’ em uma discussão com um seguidor. Já o segundo, que ofendeu um torcedor de sua equipe que é homossexual assumido, disse que já se encontrou com a pessoa e pediu desculpas.

Ainda assim, em nota oficial, a Federação confirmou que todos estão sendo julgados por atitudes impróprias e que denigrem a imagem do jogo. Caso sejam condenados, os três devem receber a mesma pena que Ravel Morrison, do West Ham, que foi multado em sete mil libras, recentemente, pelo mesmo motivo.


Fonte: ESPN ESTADÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário