domingo, 5 de fevereiro de 2012

Primeiro casamento homoafetivo é oficializado

Primeiro casamento homoafetivo é oficializado

O Cartorial Civil de Votuporanga oficializou ontem, às 11h30, o primeiro casamento homoafetivo. Autorizadas pelo juiz corregedor Sérgio Serrano Nunes Filho, as mulheres Valéria Regina Damando, de 43 anos, e Maria Cristina da Silva, de 44 anos, casaram-se depois de 18 anos morando juntas. O regime é de comunhão parcial de bens.
A juíza de paz Aparecida Brunini conduziu a cerimônia, desejando felicidades ao casal. “Se decidiram tornar essa união oficial é porque se amam”, disse. Ela ainda contou que oficializar o primeiro casamento homoafetivo de Votuporanga foi uma boa experiência. “Mostra que o preconceito está indo embora. O amor não escolhe sexo e esse casamento é mais um, igual a todos os outros. Tem muitos casais homoafetivos que moram juntos, adquirem um patrimônio e precisam garantir seus direitos”, falou.
Aparecida Brunini disse que ainda não há outro casamento homoafetivo marcado para acontecer em Votuporanga.
Moradoras do Santa Amélia, as duas se conhecem há 19 anos. Valéria é tapeceira e Maria Cristina auxiliar de costureira, já foi casada e tem duas filhas e duas netas. 
Para Maria Cristina, o casamento é um sonho realizado. “Depois de 18 anos morando juntas, conseguimos o casamento oficial. Estou me sentindo muito bem. Tem que ser assim, o preconceito precisa acabar”. Maria Cristina passou a chamar-se Maria Cristina da Silva Damando, adquirindo o sobrenome de sua companheira. 
Valéria, que não tem filhos, acredita que o casamento civil abrirá o caminho para conseguirem adotar uma criança. “A gente sempre comentava que um dia ia se casar”, falou.
Valéria e Maria Cristina solicitaram a autorização para o casamento no final de dezembro de 2011 e há três semanas marcaram a data da oficialização da união. As duas não imaginavam que o processo seria rápido.





Leidiane Sabino
leidiane@acidadevotuporangacom.br

Fonte: A Cidade de Votuporanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário