quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Mourinho é acusado de homofobia durante jogo do Real contra o CSKA

José Mourinho no jogo do Real Madrid contra o CSKA (Foto: AFP)
O técnico José Mourinho está sendo criticado na Europa por uma suposta atitude homofóbica durante o empate de 1 a 1 do Real Madrid contra o CSKA, na última terça-feira, pela Liga dos Campeões. O português teria xingado o árbitro da partida e seus assistentes com termos pejorativos a homossexuais.
A Federação Esportiva Europeia de Gays e Lésbicas (EGLSF, na sigla em inglês) pediu à Uefa que puna Mourinho por conta dos seus comentários.
- Homofobia é inaceitável no futebol, ainda mais de alguém tão importante no meio. Estamos profundamente desapontados com o Senhor Mourinho. Ainda mais porque esse comentário aconteceu durante uma campanha internacional contra homofobia no futebol. Esperamos que a Uefa tome alguma atitude – disse Louise Englefield, co-presidente da EGLSF.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário