quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Haddad é o candidato do kit gay

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) promoveu uma "homenagem" ao candidato à prefeitura de São Paulo pelo PT, o ex-ministro Fernando Haddad, em seu gabinete. Um cartaz escrito "Haddad é o candidato do kit gay", faz menção à campanha que o então ministro fez, no ano passado, a favor da entrega de materiais anti-homofobia a alunos de escolas públicas do país. 

"O projeto de Haddad era para encorajar o homossexualismo", afirmou o deputado aoPortal da Band. O cartaz também faz a pergunta: "As crianças de seis anos terão aula de homoafetividade nas escolas?". "Quero que ele responda essa pergunta", pediu Bolsonaro. 

O deputado ainda afirmou que a atitude foi a forma que ele encontrou para "dar uma força à candidatura do pré-candidado petista". A "homenagem" foi colocada em um mural nomeado por Bolsonaro de "mural da vergonha", dentro de seu gabinete. 

"Quero que o povo evangélico, católico, os pais de família saibam quem é Haddad", disse o deputado, que também questionou: "Ou você acha que nenhum candidato vai jogar isso na cara dele durante os debates para a prefeitura de São Paulo?". 

"E eu me comprometo a passar todo o material que tenho aos concorrentes de Haddad", completou Bolsonaro. 

Fonte: BAND


Nenhum comentário:

Postar um comentário