sábado, 25 de fevereiro de 2012

Congresso de Maryland (EUA) aprova legalização do casamento homossexual


Washington, 23 fev (EFE).- O Congresso de Maryland (EUA) aprovou nesta quinta-feira uma norma para legalizar o casamento homossexual, o que transformará o estado no oitavo a permitir este tipo de uniões no país.

O governador estadual, o democrata Martin O'Malley, já prometeu assinar a lei, que foi aprovada pelo Senado de Maryland por 25 votos a favor e 22 contra e que já ganhara o sinal verde da Câmara.

O projeto exime as organizações religiosas de prestar serviços matrimoniais aos casais do mesmo sexo.

Essas uniões já são legais nos estados de Nova York, Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, assim como no Distrito de Columbia, ao que pertence Washington, a capital do país.

Além disso, a governadora do estado de Washington, Christine Gregoire, promulgou em 13 de fevereiro a lei que permite o casamento homossexual no estado, onde os casais de mesmo sexo poderão casar-se a partir de 7 de junho.

Outros cinco estados (Delaware, Havaí, Illinois, Novo Jersey e Rhode Island) permitem uniões civis entre homossexuais.

Por outro lado, o governador de Nova Jersey, o republicano Chris Christie, cumpriu sua palavra e vetou na semana passada o projeto de lei para legalizar o casamento homossexual que fora aprovado pelo Congresso estadual, ao tempo que reiterou sua intenção de convocar um referendo sobre o tema. EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário