segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Aluno se veste de garota, com aplique, meia calça e maquiagem e é expulso da escola




Em tempos de combate à homofobia, uma escola radicalizou e expulsou um aluno adolescente porque ele se vestiu como menina.
Jamie Love, 17 anos, afirma que conversou várias vezes com a direção da Govan High School, considerada conservadora e que fica em Glasgow (Escócia), sobre o fato de se sentir "preso em um corpo de menino". Mas, quando decidiu ir à escola de meia-calça, shortinho, aplique no cabelo e maquiagem, foi proibido de entrar e mandado de volta pra casa.
"Demorou anos para que eu finalmente me abrisse para a minha sexualidade, e agora me sinto traído por pessoas em quem eu confiava", desabafou o jovem ao jornal britânico Daily Mail.
A mãe de Jamie - ou Keirny, como ele gosta de ser chamado - disse ter ficado "horrorizada". "Mas eu tenho que aceitá-lo pelo que ele é. Por que a escola não pode?", questionou.
A escola nega ter mandado o menino para casa. Já um porta-voz da prefeitura de Glasgow informou que Jamie não foi expulso, mas apenas "orientado" e que deveria mudar de escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário