terça-feira, 20 de dezembro de 2011

PRIMEIRO CASAMENTO HOMOAFETIVO FOI NA CIDADE DE SÃO JOÃO DO SABUGI/RN




O Cartório Judiciário da Comarca de São João do Sabugi foi o locus privilegiado da primeira união homo-afetiva da região do Seridó, quiçá do Estado do Rio Grande do Norte, cerimônia acontecida no final da manhã de sexta-feira (16). O ato solene foi oficiado por Edneusa Figueiredo, Juíza de Paz, e uniu em casamento civil, com comunhão parcial de bens, Inácia Graciele Fernandes Batista e Edilene Araújo de Medeiros (Lena), nos moldes permitidos pelo Estado laico, após as determinações do STJ – Supremo Tribunal de Justiça, emitidas em 25 de outubro último.

A troca de alianças foi antecedida por uma interessante contextualização da Juíza de Paz, que falou brevemente sobre a história do casamento civil e fez as exortações de praxe às noivas. "Sentimo-nos privilegiados em testemunhar o importante enlace, que se inscreve entre as conquistas das minorias pelos direitos civis, nas lutas pelo respeito à diversidade (seja ela sexual, étnica, religiosa, et cetera) e na humanização da sociedade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário