sábado, 10 de dezembro de 2011

Novo tipo de preservativo contém substância contra impotência sexual




A Reckitt Benckiser, companhia detentora da marca de preservativos Durex, tem tudo pronto para lançar um novo tipo de camisinha que promete revolucionar o ato sexual. Ela contém uma substância contra impotência sexual.

Num estudo onde voluntários testaram o preservativo convencional e este que contém uma substância vasodilatadora, a maioria dos homens afirmou um maior tempo de ereção do pênis. As mulheres, que também foram envolvidas no teste, disseram que realmente tudo durou mais. 

Um porta-voz da empresa que desenvolveu a nova camisinha disse ao jornal norte-americano The Wall Street Journal que o desafio era obter um produto vasodilatador que não prejudicasse o látex da camisinha.

A Reckitt Benckiser espera que em menos de um mês a Comissão Europeia autorize a sua comercialização. O produto deve estar disponível primeiro na Europa e na América do Norte. 

Redação da Agência de Notícias da Aids

Nenhum comentário:

Postar um comentário