sábado, 26 de novembro de 2011

PT reage a insinuação de Bolsonaro sobre sexualidade de Dilma


Em discurso na tribuna da Câmara, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) questionou na quinta-feira a sexualidade da presidente Dilma Rousseff ao afirmar que o Ministério da Educação ainda planeja incluir o combate à homofobia nos currículos escolares. Ele será acionado pelo PT no Conselho de Ética da Casa. "O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de 1º grau", disse o parlamentar, em um pronunciamento que gerou reações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário