sábado, 26 de novembro de 2011

Homofobia e homossexualidade

Como psicanalista, Contardo faz uma explicação clássica da homofobia: “Quando as minhas reações são excessivas, deslocadas e difíceis de serem justificadas é porque emana de um conflito interno. Por que afinal me incomodaria meu vizinho ser homossexual e beijar outro homem na boca? E o que acontece é: como estou com dificuldades de conter a minha própria homossexualidade, então é mais fácil reprimir a dos outros, ou seja, condená-la, persegui-la, se possível até fisicamente, porque isso me ajuda a conter a minha”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário