quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Especialista defende criminalização da homofobia de cunho religioso


A pesquisadora do Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero (Anis) Débora Diniz defendeu há pouco a criminalização da homofobia no País. O que para ela funcionará como um “dispositivo de garantia da igualdade”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário