terça-feira, 18 de outubro de 2011

Suspeito de bater em gays em SP diz ter sido vítima de 'ataque heterofóbico'

Daniel é flagrado por câmeras de monitoramento de segurança de posto de combustíveis em SP (Foto: Reprodução / Divulgação)

Um dos dois universitários suspeitos de agredir um casal gay em São Paulo no dia 1º, Daniel Barbosa, de 26 anos, disse nesta segunda-feira (17) que está sendo "injustiçado". “Estou me sentindo injustiçado, não tenho e nunca tive preconceito e nada contra homossexuais. Na verdade eu é que fui vítima de um ataque heterofóbico.” A agressão aconteceu de madrugada na região da Avenida Paulista, após o casal gay sair de uma casa noturna onde havia discutido com os agressores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário