quinta-feira, 6 de outubro de 2011

'Estou cansado de ver ataques a gays', diz dono de bar em SP


O dono de um bar, que não quis se identificar, diz já ter sido vítima de grupos de intolerância. Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
Moradores, comerciantes e frequentadores da região da avenida Paulista demonstram apreensão com os episódios de violência e denunciam o clima de insegurança após ataques homofóbicos em São Paulo. Um dono de bar na rua Peixoto Gomide, que cruza a rua Frei Caneca, um dos pontos de referência do público gay, relata que há cerca de um mês levou um soco ao tentar defender um homossexual que era espancado na rua. "Estou cansado de presenciar (ataques homofóbicos)", desabafa. Uma das críticas é a carência de policiamento, e a opção é contratar vigilantes ou criar "estratégias" próprias de segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário