terça-feira, 11 de outubro de 2011

Escola Jovem LGBT de Campinas recebe alunos discriminados em colégios convencionais, informa Carta Capital



Segundo informações da revista Carta Capital, muitos estudantes da Escola Jovem LGBT, em Campinas, estão fora da escola tradicional por serem discriminados. Atualmente, trinta jovens gays, bissexuais e travestis entre 14 e 24 se dividem entre os cursos de produção de revista, teatro e música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário