domingo, 30 de outubro de 2011

Associação tenta derrubar lei que reconhece união homoafetiva


gay nao

Um recurso que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) quer anular a decisão da Corte que reconheceu, em maio, a união estável entre pessoas do mesmo sexo. O recurso foi protocolado pela Associação Eduardo Banks, que entende que o julgamento deve ser cancelado porque o Supremo pulou uma etapa ao discutir o assunto em plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário