terça-feira, 6 de setembro de 2011

“UE recusa refugiados gays muito rápido”


Muitos homossexuais que pedem asilo na Europa – inclusive na Holanda - são frequentemente mandados de volta a seus países de origem com base em preconceito e estereótipos. Eles não são levados a sério por não agirem de maneira suficientemente ‘gay’ ou porque não procuram a cena gay local. Isto ficou comprovado por uma pesquisa da COC Nederland (entidade que defende os interesses dos homossexuais na Holanda) e da Universidade Livre de Amsterdã.


Nenhum comentário:

Postar um comentário