sábado, 3 de setembro de 2011

Justiça de Família em Bauru não vê legalidade em casamento gay


Os parceiros homossexuais que desejam se casar “no papel” deverão encontrar certa resistência do Poder Judiciário de Bauru. Os dois juízes que respondem pelas duas únicas varas de família da cidade anteciparam, em entrevista ao JC, que não veem legalidade no casamento homoafetivo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário