sábado, 17 de setembro de 2011

Guarulhos realiza união homoafetiva coletiva com 30 casais




Silas MacedoA ONG Tecendo Sonhos realiza um casamento coletivo gay neste sábado (17), às 18h, no Teatro Adamastor (Av. Monteiro Lobato, nº 734, Centro). O casamento coletivo oficializará a união homoafetiva de trinta casais, sendo em sua maioria casais de mulheres. A coordenadora do Núcleo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) de Guarulhos, Eunice Alves de Araújo, 50 anos, afirma que o evento é uma forma de demonstrar o desejo de gays e lésbicas em constituir uma família. “A ideia é gradativamente mudar a imagem que as pessoas têm de relacionamentos homossexuais”, destaca. O pastor da igreja inclusiva CCNE (Comunidade Cristã Nova Esperança) Wladimir Freire, 49 anos, afirma que este é o primeiro evento que oficializa a união estável entre homossexuais com um grande número de casais no município. “O casamento coletivo vai mostrar para a sociedade que a classe LGBT não vive apenas em festas”, destacou ele..

A realização do casamento teve apoio da Prefeitura, o 1º Tabelião de Notas, responsável pela emissão dos contratos de união estável como entidade familiar, e o Buffet Matronni, especializado em festas e cerimônias para o público LGBT.


Nenhum comentário:

Postar um comentário