sábado, 3 de setembro de 2011

Gays se casam na igreja e no cartório, mas são barrados em plano de saúde




Apesar do documento oficial, eles não foram aceitos em um plano de saúde familiar, oferecido pela emprea de um deles. A justificativa foi que a união estável não era suficiente. Para reverter isso, os dois pediram a conversão da união estável para registro civil. Novo problema: o pedido foi negado pela Justiça do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário