sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Barrinha tem primeiro casamento de lésbicas


A enfermeira C.K.K., 29 e e a funcionária pública V.L.F.K., 38, de Barrinha, converteram a união estável em casamento e buscaram a certidão nesta quarta-feira (31). É o primeiro entre duas mulheres na cidade.
Elas entraram com um pedido de conversão no cartório da cidade, que foi encaminhado ao fórum de Sertãozinho, onde um promotor deu parecer favorável e a juíza da Vara da Família autorizou.
As duas mulheres moram na mesma casa há dois anos. A mais nova já foi casada com um homem e tem dois filhos: uma menina de 14 anos e um menino de 8, que moram com as duas. "A C. começou a trabalhar no mesmo local que eu, começamos como amigas e oito meses depois estávamos juntas", diz V.


Nenhum comentário:

Postar um comentário