domingo, 11 de setembro de 2011

Assassino alega razões sexuais na morte de secretário




O principal suspeito na morte do secretário de Cultura da cidade de São Brás, Lucivaldo Simião de Souza Silva, 35 anos, confessou o crime a Polícia Civil de Alagoas e apresentou motivações sexuais ligadas a homofobia para matar a pauladas a vítima. Joelson dos Santos Lima, 22 anos, foi preso na última sexta-feira, dia 9, em Teotônio Vilela com o carro do secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário