quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Mott: Se Kassab aprovar Orgulho Hétero, vai se queimar ainda mais


Fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB), o antropólogo Luiz Mott chamou de "aberração" o projeto de lei 294/2005, de autoria do vereador Carlos Apolinário (DEM), que institui no município, o "Dia do Orgulho Heterossexual". Para ser convertida em norma, a matéria, aprovada na terça-feira (2), na Câmara Municipal de São Paulo, precisa da sanção do prefeito Gilberto Kassab. Na opinião de Mott, "não faz sentido comemorar um dia de quem é celebrado e domina todos os demais dias do ano".

Nenhum comentário:

Postar um comentário