sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Dia do Orgulho Hétero não incentiva homofobia, diz Kassab


Na opinião do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), criar o Dia do Orgulho Hétero na cidade não incentivaria a homofobia. "É um projeto como outro qualquer", afirmou. Em entrevista na quinta-feira, Kassab disse que sua assessoria ainda estuda o projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal, que prevê a data oficial em todos os terceiros domingos de dezembro. Mas ele afirmou que, em primeira análise, não há motivo para vetar a ideia de autoria do vereador Carlos Apolinário (DEM). "A abordagem inicial é que é um dia como qualquer dia. Tem dia do médico, dia do professor." As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário