segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Amar independe do sexo, diz pai homossexual



Roberto e o filho de 14 anos driblam preconceito em busca da felicidade / Foto: Arquivo Pessoal
A adoção por homossexuais no Brasil ainda é discriminada pela população. Dados do Ibope, divulgados no último dia 28 de julho, revelaram que 55% ainda são contra. No entanto, segundo a psicóloga Soraya Pereira, presidente da ONG Aconchego, para adotar “é preciso apenas que o cuidador garanta o carinho e a segurança que uma criança necessita”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário