domingo, 3 de julho de 2011

“Muita gente ainda está no armário, com medo do preconceito”, diz Michael Kepp, em artigo ao jornal Folha de S. Paulo




Em 2008 foram 190 homicídios por homofobia no Brasil -segundo o Grupo Gay da Bahia, primeira associação de defesa dos direitos dos homossexuais no país-, contra cinco homicídios semelhantes reporta/2011dos pelo FBI nos EUA naquele ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário