terça-feira, 26 de julho de 2011

Itália rejeita introduzir homofobia como agravante em crimes


A Câmara dos Deputados da Itália rejeitou nesta terça-feira a proposta de lei apresentada pelo opositor Partido Democrático (PD) para introduzir o agravante de homofobia nos delitos penais. A proposta foi descartada após a aprovação de vários recursos de inconstitucionalidade sobre a mesma apresentados pelos partidos conservadores UDC (democrata-cristão), Liga Norte e Povo da Liberdade (PDL), do primeiro-ministro Silvio Berlusconi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário