terça-feira, 19 de julho de 2011

Homossexuais uruguaios promovem "beijaço" contra discriminação


Cerca de 300 uruguaios se reuniram neste último final de semana para combater a discriminação sexual com um "beijaço", na porta de um bar acusado de ter expulsado um casal de homossexuais após um beijo em seu interior.
Gays, transexuais, lésbicas e heterossexuais, convocados exclusivamente através das redes sociais, realizaram a manifestação perante as portas da discoteca Viejo Barreiro de Montevidéu, para entre risos, dança e música, beijarem para denunciar a homofobia que segundo sua opinião impera ainda no país, um dos mais avançados da América em direitos para os homossexuais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário