terça-feira, 19 de julho de 2011

Globo Esfria Gays em Insensato Coração: Não Apologia à Lei Contra Homofobia

A Globo pediu o resfriamento nas cenas do relacionamento entre dois gays na novela Insensato Coração, segundo nota de Keila Jimenez, nesta segunda-feira.
Segundo reportagem da folha, o diretor -geral de entretenimento da emissora, Manoel Martins, determinou que a história entre os dois homossexuais Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo) fosse completamente esfriada na novela.

Um comentário:

  1. O que seria da África do Sul e dos Estados Unidos dos anos 60 se fossem esperar aquelas sociedades "estarem preparadas "para acabar com o apartheid? Os negros ainda estariam sendo oficialmente segregados só porque os brancos não estariam ainda "preparados"? Sociedades são "preparadas" também através de leis e proposições afirmativas. Podemos não gostar das leis, mas temos que cumprí-las (pelo menos em sociedades desenvolvidas). Alguém aí estava se sentindo "preparado" para o serviço militar obrigatório, para não dirigir se beber, para não fumar em locais públicos, para não estacionar em vagas de idosos e deficientes, para pagar imposto de renda? Pois é, alguns podem não gostar, mas simplesente tem que cumprir. Tem que cumprir porque algum dia pessoas com Luther King e Mandela levantaram suas vozes e a custo de muitas vidas finalmente resolveram "preparar" a sociedade com leis, políticas educacionais e ações afirmativas.
    Ou alguém acha que o Brasil não "estava preparado" para a Lei maria da Penha? Talvez devêssemos esperar um pouco mais, quem sabem essa nossa sociedade machista se "acostume" naturalmente a idéia de que agredir mulheres não é legal... Precisamos sim de leis anti-homofobia e de ações afirmativas.

    ResponderExcluir